Dicas da Iveco

Combustíveis alternativos: o futuro do transporte

04 Jun 20
3 min

O futuro do transporte passa pelos combustíveis alternativos. E o mercado já oferece boas opções, muito mais limpas e renováveis. Confira algumas delas!

O uso de combustíveis alternativos frente aos tradicionais vem cada vez mais chamando a atenção do mercado. Isso porque as reservas dos compostos de origem fóssil, como a gasolina e o diesel, podem chegar ao fim num futuro próximo. Além disso, os combustíveis tradicionais afetam diretamente o meio ambiente.

A boa notícia é que a corrida para desenvolver os combustíveis alternativos está bastante avançada. Um estudo da Carbon Tracker aponta que, a partir de 2023, fontes renováveis de energia devem ocupar mais espaço do que combustíveis fósseis.

São várias as possibilidades que o mercado já oferece. Veja quais são elas:

Principais opções de combustíveis alternativos

Biodiesel

Produzido a partir de compostos orgânicos derivados da gordura vegetal ou animal, este combustível tem baixos índices de poluição. Quando comparado ao diesel, a redução na emissão de CO2 é de 66%.

Biometano

Esse combustível é obtido com biogás vindo da decomposição de resíduos sólidos urbanos, orgânicos e esgoto doméstico. O gás passa por um processo de purificação, no qual são retirados os resíduos que não contribuem para a combustão.

Sob a ótica ambiental, é muito bem visto, já que reduz em 90% a emissão de CO2, além de ter uma produção barata.

Bioetanol

No Brasil, ele é fabricado com a cana-de-açúcar e está presente na maioria dos postos de combustíveis do país. Porém, um grupo de pesquisa da Universidade Federal do Ceará identificou que o caju pode ser também uma boa alternativa para a sua produção.

Hidrogênio

O uso do hidrogênio é apontado como a solução para descarbonizar diversos setores, inclusive o transporte de longa distância. Ele também pode ser armazenado, transportado e usado para produzir eletricidade. 

Com isso, países com pouco espaço para equipamentos eólicos e solares podem ser abastecidos com energia limpa. Algumas das montadoras de veículos já estão apostando na criação de carros movidos com esse tipo de combustível.

Gás Natural (GNV)

Da lista de combustíveis alternativos, o GNV já é conhecido dos motoristas brasileiros. Ele é apontado como o biocombustível mais limpo. Além disso, é responsável por aumentar a vida útil do motor e gera uma economia considerável em seu consumo.

Energia elétrica

Cada vez mais veículos são movidos a energia elétrica. Apesar do alto investimento na sua aquisição, há uma significativa economia de manutenção. Inclusive, polui menos do que a gasolina, por exemplo.

Óleo Vegetal Hidrogenado

O combustível é produzido a partir do óleo usado de colza, palma e gordura animal. Em inglês, é conhecido como Hydrotreated Vegetable Oil (HVO) e sua extração é parecida com a do diesel. Neste caso, a diferença é que o processo químico usa hidrogênio no HVO, enquanto no diesel é usado o metano para fazer a catalisação.

A redução de CO2 com o HVO é de 90%, quando comparado ao diesel.

---

No blog do Consórcio Iveco, você acompanha muitos outros conteúdos sobre o mercado de caminhões.

Por Consórcio Iveco
Somos uma empresa de consórcios, que desde 1998 oferece os melhores planos para ampliação e renovação de frotas.

Fique por dentro de nossas novidades!